2019: Uma Restrospectiva

av_timer 10 min
COMPARTILHE:

2019 foi um ano ultra relevante. Para mim, para minha carreira, para o meu negócio. 

Deixei o meu antigo escritório na entrada da favela da Maré e levei comigo uma equipe de mais de cinquenta pessoas para um dos melhores escritórios do Rio de Janeiro.

Levei a Avellar Media para São Paulo, fechei contratos com as maiores marcas do Brasil, lancei um podcast que hoje é o maior podcast da América Latina voltado para executivos.

Eu e minha equipe conquistamos tudo isso.

E muitas das minhas vivências no decorrer deste ano eu compartilhei aqui. Insights, aprendizados, questionamentos. Eu sou fascinado por compartilhar conhecimento, e nos últimos 12 meses eu pude fazer isso com o maior prazer do mundo.

2020 não vai ser diferente, e agora eu quero relembrar com vocês os meus principais artigos de 2019, pois muito de tudo que eu conquistei foi registrado aqui no meu blog.

Kardashians – Senta a bunda e aprende

No meu primeiro artigo de 2019 eu fiz questão de mostrar o quão geniais as Kardashians são, indo contra a opinião de muita gente que, para mim, possuem uma birra infundada com elas.

Investir na marca pessoal, monetizar a sua marca e entender o seu público é um tripé que compõe as estratégias de negócios mais bem sucedidas hoje em dia. E nesse quesito as Kardashians dão aula.

E tudo isso trabalhando 90% desses pilares através do digital de das mídias sociais. As Kardashians viram uma oportunidade e a agarraram. Assim como eu fiz. Quando você vai agarrar a sua?

Facebook Ads – 7 passos pra usar bem a plataforma em 2019

Defendi e continuo defendendo que o Facebook Ads é uma das oportunidades mais bizarras que o Digital trouxe para as pessoas crescerem suas marcas.

Conteúdo é fundamental para absolutamente qualquer estratégia de comunicação atualmente. Eu afirmo isso porque vivi isso. Mas conteúdo é só 50% desse caminho.

Os outros 50%? Distribuição. E é por isso que o Facebook Ads precisa fazer parte do planejamento de qualquer agência, marca, empresa.

Um artigo em que, em 7 passos, eu ensino como dominar a plataforma.

Meritocracia é amor duro

Tão simples quanto isso. Eu vi a necessidade de escrever um artigo sobre esse tema, e assim o fiz. 

Esse é um artigo em que eu exponho o meu ponto de vista pessoal, baseado nas minhas convicções e nas ações que eu vejo que funcionam no meu dia a dia.

Meritocracia dói. E muita gente tem medo dela. É por isso que eu vejo tanta gente que não consegue falar ou ao menos pensar sobre a sua importância.

Eu olho para a meritocracia sob duas óticas: Geração de Valor Pontual e Geração de Valor Estrutural. E meu intuito neste artigo foi, justamente, o de diferenciar esses dois conceitos e como aplicar a meritocracia na veia dentro de um negócio.

Fyre Festival – Billy McFarland estava certo

Não escrevi este artigo para entrar em juízos de valor. O meu ponto, ao escrevê-lo, foi fomentar a discussão sobre as premissas de marketing, publicidade e relacionamento que o idealizador do Fyre Festival aplicou no seu lançamento.

Afinal, um cara que, em 48 horas, esgota ingressos de 40 mil reais é, sim, um gênio.

O Fyre Festival ensina 3 coisas que toda campanha bem sucedida deve ter hoje em dia: conteúdo, influenciadores e mídias digitais. Sim, mais um artigo que eu provo que o poder de qualquer pessoa está no digital.

O que a Geração Z está nos ensinando sobre trabalho duro

Eu nunca vou concordar com quem diz que a Geração Z não nos ensina nada. E neste artigo eu mostrei por quê.

A Geração Z deixa qualquer baby boomer no chinelo quando o assunto é trabalho duro. A molecada que nasceu entre o final dos anos 90 e 2010 cresceu durante a recessão dos EUA e sofreu um impacto direto com isso.

Eles aprenderam com exemplos dentro de cada a como poupar dinheiro e, hoje, entrando no mercado de trabalho, são exemplos geniais de busca pela capacitação profissional, pela priorização do sucesso profissional e de DNA empreendedor.

Se você não acredita na Geração Z, leia esse artigo e eu te garanto que, até o final dele, a sua opinião vai ser outra.

Anitta: um exemplo sobre Empreendedorismo de Verdade

2019 foi cheio de grandes nomes para o empreendedorismo. E, sem dúvida nenhuma, um dos maiores foi o da Anitta.

Carreira meteórica e internacional, foi mencionada pela Billboard sobre seu poder empreendedor e deu uma palestra em Harvard sobre o seu plano de negócio. É fato que está completamente enganado quem acha que Anitta é “apenas” uma cantora.

Este é um artigo em que eu uso o fenômeno Anitta para provar como você pode se tornar um empreendedor de sucesso se você respeitar os seus termos, entender o que você quer de verdade e se coçar para enfrentar a sua jornada.

Pare de viver para o fim de semana

Esse foi mais um artigo que eu precisava escrever em 2019. Eu acho que nunca vou entender as pessoas que moldam as suas vidas para o fim de semana.

Esse é o tipo de pensamento que eu me recuso a achar correto. Quem vive para o final de semana odeia o seu trabalho. Essa é a única explicação.

Aqui é onde eu falo que se você está infeliz no seu ambiente de trabalho, você está no momento de mudar o seu rumo para focar no que é certo; e também te faço a pergunta: o que te faz gostar tanto do fim de semana e odiar o seu trabalho?

Relacionamento é a ferramenta de vendas do século XXI

Uma coisa é certa: você pode ter a melhor estratégia, os melhores vendedores e a melhor equipe em seu negócio, mas se você não focar em relacionamento, nenhuma ação vai te colocar no patamar que você deseja.

Relacionamento não é só sobre se comunicar com alguém. Relacionamento é sobre transparência.

Este é o artigo que você pode saber quais são os benefícios de um bom relacionamento, seja ele com seus clientes, com seus colaboradores ou com a sua audiência. No fim do dia, é o relacionamento quem vai te ajudar a escalar o seu negócio.

Como promover cultura na empresa com o Instagram

Um assunto que simplesmente não poderia ficar de fora. Cultura empresarial, hoje em dia, está sendo encarada como uma buzzword, mas se as pessoas realmente soubessem a importância dela para um negócio jamais a chamariam novamente disso.

Uma das coisas em que eu mais acredito atualmente é que transmitir valores, pontos de vista e crenças para o seu time é uma peça fundamental para qualquer empresa crescer.

Mas sei que, conforme um negócio cresce, parece ser cada vez mais difícil manter a cultura empresarial sólida e estruturada.

Por isso, este é o artigo em que eu ensino como transmitir a cultura da empresa quando você não está mais presente individualmente ao lado de cada um, seja porque seu negócio cresceu ou porque seu papel é estar fora do escritório mexendo as peças do tabuleiro da sua indústria. Afinal, vivi na pele isso em 2019.

Como construir um negócio de verdade

Talvez uma das frases que eu mais tenha falado em 2019 foi “empreendedorismo não é algo sexy”. E definitivamente não é.

Empreendedorismo não é sobre status, sobre construir um estilo de vida, sobre ostentação e muito menos sobre um cargo bonito no LinkedIn. 

Empreendedorismo é sobre construir um negócio real, é sobre longo prazo e é sobre trabalho duro.

Aqui, eu falo com base na minha própria experiência como é construir um negócio de verdade, baseado em 4 pilares: rentabilidade, retenção, resultado e relacionamento.

Por Que as Grandes Marcas Deveriam Prestar Atenção no TikTok

Não teria como eu deixar de fora das minhas publicações um dos maiores fenômenos de 2019 quando se trata de redes sociais.

No decorrer do ano, vi (e ainda vejo) um nível de confusão considerável no debate sobre a plataforma e um número maior ainda de executivos negligenciando o novo incumbente.

Incomodado com esse cenário, resolvi escrever esse artigo para trazer um pouco mais de clareza sobre como olhar para a plataforma que possui uma das maiores potencialidades de alcance e engajamento da atualidade.

TikTok: como arrebentar na nova plataforma

Não satisfeito em mostrar um novo olhar para o TikTok, escrevi um segundo artigo sobre as funcionalidades que ele oferece.

Eu defendo que o TikTok é onde a atenção do consumidor está, e é com isso que eu me importo. Não poderia ser diferente, já que a plataforma conta com mais de um bilhão de downloads em todo o mundo.

Neste artigo eu trouxe alguns dos principais aprendizados que o meu time tem tido na plataforma. São, em nossa visão, as 10 tendências mais populares do TikTok que, atualmente, dominam a rede social e são sucesso absoluto de viralização e engajamento.

Relevância Cultural: o KPI #1 para as marcas em 2020

Aproveitei os últimos dias do ano para falar de um dos temas mais importantes de 2020: Relevância Cultural.

Vivemos em uma era onde a marcas perderam o privilégio de comunicar aquilo que elas querem (fazer propaganda), e, nesse cenário, é absolutamente primordial saber como transformar a sua marca em um canal de relacionamento. 

As marcas precisam aprender a como se tornar relevante na vida das pessoas. E é neste artigo que eu desmistifico o significado de Relevância Cultural para quem ainda possa ter alguma dúvida.

O que o Facebook nos ensinou sobre relevância cultural em 2019?

Eu não poderia ter encerrado 2019 com um tema diferente. Não consigo contar nos dedos quantas vezes ouvi alguém dizer que o Facebook morreu.

O último ano talvez tenha sido o período em que a rede social mais teve que lidar com o dinamismo do cenário digital, mas ao mesmo tempo, ela soube se adaptar como ninguém, lançando funcionalidades que, na verdade, estão muito além de serem meras funcionalidades.

Atenção e cultura são dois temas que qualquer marketeiro precisa carregar no bolso em 2020, e o Facebook soube fazer todos os plays para trazer mais relevância cultural para a plataforma, de forma a reter a atenção das pessoas e, por consequência, manter uma boa proposta de valor para os anunciantes. 

Reservei o meu último artigo do ano para contar quais foram os 10 principais plays que transformaram o Facebook em uma plataforma de conexão com ainda mais Relevância Cultural.

E que venha 2020

De Kardashians à Anitta, de Fyre Festival à TikTok, do Facebook à Geração Z. 2019 trouxe, para mim, aprendizados desproporcionais.

E faz parte da minha missão compartilhar cada um deles com vocês. Cada um destes artigos contam um pouco da minha jornada e eu mal posso esperar para continuar contando sobre ela ao longo deste novo ano!

A gente está junto nessa. E pode vir, 2020.

COMPARTILHE: