O ÚNICO CONSELHO QUE VOCÊ VAI PRECISAR NA SUA VIDA

É triste. A maioria das pessoas lendo esse texto infelizmente vai passar os seus próximos 30 ou 40 anos fazendo duas coisas.

Ou tentando corrigir todas as suas falhas, ou tentando melhorar em coisas nas quais não são tão boas.

Pera aí! Vou até me corrigir aqui. Eu não acho isso triste. Acho assustador. A ideia de gastar sua energia em coisas que você não só não tem talento natural pra fazer, mas que provavelmente também não gosta, pra mim é simplesmente inaceitável.

Eu não acho. Eu tenho certeza de que pra vencer na vida a gente tem que lutar.

Todas as minhas conquistas até hoje tem a ver com meu talento é óbvio, mas esse não é e nunca vai ser o fator determinante.

Eu, sem dúvida alguma, sei que me empenhei mais que todo mundo ao meu redor. Eu disse ao meu redor. Apenas isso.

E por favor, não me venha com esse papo de trabalhar de forma inteligente, isso me dá ânsia de vômito. Eu também trabalho de forma inteligente, e além disso invisto 16, 17, 18 horas por dia em cima dos meus sonhos.

“Calma aí?! eu também dou um duro miserável e não estou nem feliz, nem avançando!”

É óbvio. Você é um empreendedor nato e está praticando advocacia. Você é um atleta fenomenal e está trabalhando no mercado financeiro. Você é um artista criativo e está tentando ser um empreendedor.

Olhar de fora é fácil. Parece burrice, não é? Quem faria uma coisa dessas? Quase todo mundo.

Quando colocamos desta forma parece tão óbvio que o caminho é apostar com tudo nas suas forças, mas mesmo assim eu tenho certeza de que a maioria de vocês não irá agir assim.

99% das pessoas vão descobrir no que são bons. Vão descobrir o que amam fazer. No entanto, vão optar por seguir o “conselho” dos mais velhos, a “voz da razão”.

Tudo isso para, aos 50 anos, acordar tristes, deprimidos, e descarregar seu rancor na sua família que não teve nada a ver com a sua falta de coragem.

Queria só deixar uma coisa muito clara. Não estou dizendo que você vai ser milionário, que vai ser bem sucedido, que vai viver o que a sociedade chama de uma “boa vida”.

Seu sucesso vai ser proporcional ao seu talento.

Federado e jogando futebol pelo Flamengo aos 10 anos de idade, minha mãe me fez escolher entre parar de estudar e focar no futebol, ou largar o treino e me dedicar na escola.

Adeus futebol. Sabe o porquê? Porque mesmo sendo muito pequeno, pra mim era muito claro que não importava o quanto treinasse, eu nunca ia ser tão bom quanto os outros moleques.

Tive que arranjar outra maneira de vencer. Meu DNA simplesmente não me permitia ser bom o suficiente no futebol.

Talento é algo real. Se você não misturar sua paixão com uma visão clara e objetiva dos seus talentos, você vai perder.

Com 20 anos na cara você precisa reconhecer que sua única vantagem frente a todo mundo é que você tem mais tempo e energia. Se você não traduzir isso em uma ética de trabalho anormal e muita paciência, você vai morrer na praia.

Este é o meu conselho:

Não faça algo que vai contra os seus valores.
Acredite em você e foque nas suas qualidades e paixões. O que te move vai te levar além!

Acredite em mim.

Isso me fez muito bem e pode fazer diferença pra você também.

  • Muito obrigado por ler! Eu acho fantástico que você tenha se importado o suficiente pra investir o seu tempo aqui.
  • Se alguma coisa nesse artigo ressoou contigo, ou se você acha que alguém que você conhece vai se beneficiar de passar um olho nessas palavras, envia pra ele ou compartilha com seus amigos. Isso significaria muito pra mim, de verdade.
  • Além disso, se você tiver interesse em acompanhar insights e dicas exclusivas sobre empreendedorismo não deixe de me seguir no instagram e no facebook. Você vai poder espiar o dia a dia de alguém que está na jornada de construir suas empresas e ser melhor a cada dia.
  • Também tenho um programa de perguntas e respostas no YouTube.
  • Vamo que vamo!